Skip to content

Dorina Verde na Floresta

blogpost

O que têm Hong Kong e Nova Iorque em comum com a Floresta Atlântica brasileira?

Vou te dar uma dica. Uma paixão para viver sustentavelmente e cuidar do meio ambiente.

Te apresentamos, primeiramente, a Dorina: uma empresa de Hong Kong que desenvolve roupas íntimas e roupas descontraídas pelo público feminino: comfortáveis, arrojadas e com preços accessíveis.   

Agora a Jackie, uma super modelo de Nova Yorque, que sempre sonhava em ter uma coleção que representa seus valores e respeita o meio ambiente.  

E, por fim, Iracambi, um Centro de Conservação e Pesquisa na Mata Atlântica  brasileira, cuja missão é Salvar Florestas e Transformar Vidas.      

Pessoas de paixão podem transformar o mundo.

Quando e equipe Dorina compreendeu que, até 2050, a indústria da moda produzirá até 25% das emissões  globais de carbono, eles decidiram tomar uma atitude. Com o lema “Dorina: Cada vez mais verde” a equipe projetou uma meta ambiciosa. Iriam produzir, empacotar e vender seus produtos da maneira mais sustentável possivel. Começando com o material da embalagem, os cabides e as etiquetas, levaram menos de dois anos para atingir sua meta de usar unicamente materiais recicláveis, e, a partir do outono de 2020, não usar mais papel nem plástico que não seja reciclado.

O próximo passo foi aumentar a quantidade de material eco-amigável na manufatura das suas roupas – algodão orgânico, microfibras regeneradas, renda com certificado Bluesign que implica a redução de água e energia na manufatura. Além de tecidos que incluem materiais feitas de  garrafas PET  e redes de pesca recicladas

Como assim?

É mais facil do que você imagina. Começa com a triagem das garrafas PET e redes de pesca. Depois desfiam o plástico e separam por cores. Limpam, misturam, secam, aquecem e prensam o plástico para produzir  a linha. E, por fim, tingem, cortam e o tecido vai para uma costureira experiente que cria uma roupa ECO. Parabéns, Dorina!  

Mas vamos voltar a Nova Iorque

Depois de trabalharem juntos ao longo de cinco anos, a supermodelo Jackie virou embaixadora oficial da Dorina. Dedicada a modelar roupas reais para mulheres reais, Jackie sonhava em ter uma coleção ecológica. Então trouxe a Dorina a pergunta que estava pensando há anos. Como podemos devolver algo à Mãe Natureza?  

Assim foi a inspiração das coleções Jackie e ECO 2020.  

Dorina já estava indo a todo vapor com seu programa de sustentabilidade. Sua equipe participava de mutirões de limpeza nas praias, primeiro em 2018 e depois en 2019. Estavam trabalhando para realizar a meta de se tornar “verde” nos tecidos, manufatura e embalagem. Mas queriam fazer mais. E resolveram conversar com Jackie. 

Acontece que Jackie é de origem brasileira, e foi ela que sugeriu que Dorina fizesse uma parceria com uma organização brasileira que compartilhasse dos mesmos valores. Graças à mágica do internet, descobriu Iracambi: um Centro de Conservação e Pesquisa na serra florestada de Minas Gerais. 

Dorina e Iracambi iniciaram a conversa em junho de 2019 e até agosto Dorina tinha se comprometido a patrocinar 1000 árvores no projeto de reflorestamento de Iracambi.

Iracambi compartilhou com Dorina detalhes do ciclo de plantio – uma atividade que dura o ano inteiro e que precisa de muito preparo. Começa com a coleta de sementes da floresta, depois a germinação nos canteiros no viveiro florestal, a transferência das mudas para sacolas, irrigação, limpeza de ervas daninas, e cuidados das mudas até que estejam prontas para plantar e criar uma floresta nova.  

Uma vez que as chuvas chegam,  precisa-se de todo mundo para ajudar nos plantios. Na época de plantio 2019/2020 as chuvas foram intensas, e a equipe, voluntários e famílias de agricultores tiveram que enfrentar as estradas de barro, carregar as grades de mudas morro acima nas encostas íngremes, plantar, fertilizar e tirar fotos para depois festejar o plantio com café e  bolo de broa. 

Mas sempre há mais….

Cuidar do ambiente implica cuidar das próximas gerações que herderão o planeta. Crianças do programa Jovens Ecolíderes de Iracambi mal puderam esperar para fugir da sala da aula para a floresta, a fim de falar dos seus pensamentos sobre como salvar o planeta. 

blogpost

E agora,  para Dorina, Jackie e Iracambi – qual o próximo passo?

Depois de integrar o conceito de ecosustentabilidade no DNA corporativo, Dorina está rumo a realizar um conteudo 100% ecologicamente sustentável nas coleções de roupas. Jackie continua promovendo o bem-estar, sustentabilidade e valores ambientais enquanto modela as coleções de Dorina: Cada vez mais verde. Iracambi quer envolver mais e mais pessoas do mundo inteiro no trabalho apaixonante de formar lideranças ambientais e restaurar a floresta. 

Que parceria mais bacana – pessoas de três continentes se juntando para cuidar do planeta, nossa casa comum!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email

Discover More

Voluntariado no Brasil

De acordo com os dados do IBGE de 2018, foi registrado que 7,2 milhões de pessoas realizaram trabalho voluntário no Brasil! Embora

Memórias de Iracambi – cadê os macacos?

Eu passei aproximadamente um mês em Iracambi em 2001 e a visita foi muito marcante. Fui com um grupo da minha universidade para estudar o macaco sauá e os beija-flores. Infelizmente esses macacos nunca apareceram…

Comments are closed for this article!